sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Jornada Pedagógica das escolas de Upanema

Do Blog do professor EDGAR

Foi realizado na quinta e sexta-feira na Escola Estadual José Calazans Freire a continuidade da Jornada Pedagógica.
O evento teve como objetivos analisar os referenciais das avaliações nacionais para se pensar e instrumentalizar ações nas disciplinas, a fim de contribuir para melhoria do ensino aprendizagem.
As escolas municipais Maria Gorete, Vicente de Paula Rocha e Rita Dantas Veras estiveram desenvolvendo as atividades em conjunto, sobre a coordenação do setor pedagógico do Calazans Freire.
Nestes dois dias foram desenvolvidas as seguintes ações:
Acolhimento;
Informes (feito pelo diretor do Calazans Freire);
Apresentações das avaliações externas e suas implicações para a prática pedagógica;
Apresentação do desempenho da escola no ano de 2010;
Estudo dirigido: texto – competências e habilidades;
Estudo dos referenciais do ensino fundamental;
Estudo dos referenciais do ensino médio;
Estudo dos referenciais da EJA (Educação de Jovens e Adultos);
Reformulação da proposta curricular de cada disciplina.
Os professores da Escola Estadual Professor Alfredo Simonetti também estiveram desenvolvendo a sua jornada pedagógica na própria escola.

Um comentário:

da4alessandro disse...

SERIA CÔMICO SE NÃO FOSSE TRÁGICO...

O cara termina o segundo grau e não tem vontade de fazer uma faculdade.
O pai, meio mão de ferro, dá um apertão:
- Ah, não quer estudar? Bem... Perfeito.
Vadio dentro de casa eu não mantenho. Então, vai trabalhar...
O velho, que tem muitos amigos, fala com um deles, que fala com outro até que ele consegue uma audiência com um político que foi seu colega lá na época de muito tempo atrás:
- Rodriguez!!!! Meu velho amigo!!! Tu te lembra do meu filho? Pois é, terminou o segundo grau e anda meio à toa, não quer estudar. Será que tu não consegue nada pro rapaz não ficar em casa vagabundeando?
Após 3 dias, Rodriguez liga:
- Zé, já tenho. Assessor na Comissão de Saúde no Congresso. R$ 9.000,00 por mês, pra começar.
- Tu tá loco!!!!! O guri recém terminou o colégio, não vai querer estudar mais, consegue algo mais abaixo...
Dois dias depois:
- Zé, secretário de um deputado, salário modesto: R$ 5.000,00, tá bom assim?
- Nãooooo, Rodriguez, algo com um salário menor, eu quero que o guri tenha vontade de estudar depois... Consegue outra coisa.
- Olha Zé, a única coisa que eu posso conseguir é um carguinho de ajudante de arquivo, alguma coisa de informática, mas aí o salário é uma merreca: R$ 2.800,00 por mês e nada mais....
- Rodriguez, isso não! Por favor, alguma coisa de R$ 500,00 ou R$ 600,00, pra começar.
- Isso é impossível, Zé!!!
- Mas, por quê???
- PORQUE ESSES SÃO POR CONCURSO PARA PROFESSOR, PRECISA TÍTULO SUPERIOR, MESTRADO ETC.... É DIFÍCIL...